QUEM SOMOS

A Secretaria Municipal de Cultura é um mecanismo legal de promoção e fomento cultural em Boca da Mata. O município é um importante berço cultural e sua história empolgante só fortalece a importância de nossas raízes na identidade de novo povo.

Com suas poucas casas de taipa logo Boca da Mata passou a povoado. A iluminação era a querosene. A população se servia de água de açudes, poços e cacimbas. Nessa época já havia uma capela construída de taipa, onde hoje é a Matriz de Santa Rita. Aos poucos foram surgindo algumas casas comerciais e uma pequena feira. Os transportes eram cavalos, carro de bois, aparecendo em seguida charretes e outros veículos. Algum tempo depois, foi instalada energia elétrica a motor. Já funcionavam algumas escolas particulares e públicas.

A primeira professora foi a Srª Ana Vicência da Cunha. Sabe-se que Boca da Mata recebeu esse nome pelo fato das primeiras residências das quais se tem notícia terem sido construídas à entrada da grande mata que se estendia rumo a Atalaia. As terras da região pertenciam ao engenho Santa Rita de propriedade do Senhor Antônio Pinto da Cunha Coutinho.

Entre as principais atividades culturais de nossa cidade, estão: coco de roda, quadrilha, bailado nordestino, bailado nordestino, grupos teatrais, artesanato, arte em madeira, danças contemporâneas, entre outros.

Boca da Mata possui grandes mestres de cultura e que levam nosso nome para os mais diversos lugares do mundo. A família Coimbra, família Marinheira, Mestre da Cultura Alagoana Chau do Pife e nossa Banda Fanfarra são referências e norteiam os pilares da cultura de nosso povo matense.

A Secretaria Municipal de Cultura possui a Comissão Julgadora de Projetos como instrumento de resgate e promoção cultural.